Eu não sei

Você matou algo em mim. Esse sentimento que tenho por você, não sei se terei por mais alguém. E por mais que tenha sido perversa comigo ainda insisto naquilo que me fez gamar. Se isso não é poesia meu bem, eu não sei.

E essa vontade insana que rasga o peito e me faz colocar no papel esse desejo de falar, é a mesma que apetece a gana do meu silêncio, e, se isso não é poesia mej bem, eu não sei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s