Minueto

Só no silêncio de minha mente consigo encontrar as palavras a que recorrer quando a saudade aperta no peito….sei que as coisas ruins acontecem com mais frequencia que as coisas boas, por isso o mundo é tão intolerante, inoxavelmente perverso com uns e generoso com outros. Fico sem saber, todavia, se verei de novo certas pessoas que estão por aí pelo mundo seguindo egoísticamente suas sublimes escolhas. Não culpo ninguém de nada, pois nós como seres racionais sabemos nos cuidar e também acho que deveríamos nos desligar de sentimentalismo exacerbado. Mas sozinho não se deveria seguir até o fim de seus dias aqui, como diria Alexander Supertramp. Apelos em blog não são do meu feitio, mas posso me dar ao luxo de desabafar sentimentos….por mais íntimos que sejam.

Um comentário sobre “Minueto”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s